página com controle ActiveX para exibir imagens - não há risco apesar do aviso alarmista dos browsers...

 

História da Publicidade da Coca-Cola

atualizada em 7-jun-12

 

 

 

1910-1912 53 anúncios - 17 new - essa página tem imagens muito grandes com tecnologia Silverlight       This page have very big imgs with Sillverlight technology
1910 - É a mesma arte publicada em 1909 em outra mídia. Este saiu na Hamptons Magazine. 1910 - Temos uma inusitada versão multicolorida, até agora a única neste estilo que vi da D'Arcy publicada na LIteray Digest mab - new

1910 - a pesquisa nos mostrou que houve uma série "cidades e locais". Vamos encontra mais. Esta aqui é NY, o Times Square com algo muito moderno para época e irreal, um avião tipo Whright sobrevoando o centro da cidade. Muito legal. new

1910 - É difícil para nós imaginarmos um anúncios para caminhantes, mas o mundo era muito diferente e as pessoas realmente andavam entre as pequenas cidades, como até hoje o fazem no interior do Brasil. É da mesma campanha iniciada em 1909, com o mesmo layout. Continuação da campanha de 1909.

1910 - junho - colorida dentro do conceito laranja que estava surgindo, na Literay Digest Mag - new

1910 - Enquanto todos os ads mostram os copos, este mostra perfeitamente a garrafa com rótulo bege e azul. Há algo que me incomoda na colocação deste ad em 1910, que são os dois canudos. Eu não ponho minha mão no fogo garantindo que esse é um ad de 1910 ou um arte bem posterior remetendo aos anos anteriores. Note que em 1913 vai aparecer esta mesma arte mas com uma placa vermelha e branca.
1910 - Todas as estações do ano são alvo da publicidade. "Trabalho duro - é a febre da primavera" 1910 - Foi uma década de muito apoio ao baseball, até para poder vender os refrigerantes dentro dos estádios. Para nós Hug Jennings é só mais um desconhecido

1910 - Sol quente, muita sede - new

1910 - Good Housekeeping mag - Sol quente, muita sede - new

1910 - "Quente - Cansada - Sedenta! Quando você se senta ao balcão de uma fountain o nome que vem a sua cabeça é Coca-Cola". E canudinho. Tem algo sendo dado de graça. Acho que é o livrinho citado antes.

1910 - Belo anúncio a 4 cores com um uso de cores fortes e marcadas, difíceis de aparecer nesta época como o amarelo claro, azul claro e laranja. "Convide seu amigo" para experimentar o refrigerante.

Estes dois ads já indicam a mudança das campanhas para mostra grupos de pessoas consumindo, e é o que veremos em 1911.

1910 - na revista The World Work - O Mundo do Trabalho

1910 - versão da arte em ad de jornal pequeno, uma coluna. new

1911 - Em qualquer lugar que você for, vai encontrar uma Coca-Cola, o que era uma grande mentira em 1910... Só após a Segunda Guerra é que isso passou a ficar mais perto da realidade. Note ao longo da página o tema das setas convergentes nas bordas nas mais variadas cores. 1911 - Raríssimo anúncio horizontal de duas colunas e rodapé para jornal
1911 - é uma reinterpretação daquele anúncio anterior de 1907 com um boa evolução não só no desenho como nas fontes e no texto. Neste dá para ver bem o aviso abaixo à esq sobre o livreto.
1911 - semelhante mas totalmente diferente. vc pode fazer um estudo de famílias de fontes efetivas e ruins com os dois.

1911 - publicado no The New York Directory, página inteira - new

1911 - também em junho, na Woman's World Mag - new

1911- Essa é muito legal. Diz para você oferecer uma Coca para dar uma cantada... E criar outro consumidor... Note que é diferente da anterior, onde o sujeito toma e não oferece. "Sugira" a outra pessoa que experimente Coca-Cola... ATENÇÃO ESTA FOTO ESTÁ DISPONÍVEL COM DEEP ZOOM DA MICROSOFT. VC PRECISA TER O SILVERLIGHT INSTALADO. Se seu windows está atualizado, o MS SIlverlight deve ter sido instalado sem vc saber.Clique no link 1911 Coca-ColaAdverting Deep Zoom ese surpreenda new

1911 - também em junho, numa revista em papel jornal, anúncio de uma coluna vertical, coisa que anda sumida nos dias de hoje. new

1911 - O tema do encontro entre adultos na fountain mais próxima parece ter dado certo.

É provável que todos estes com a borda de setas tenham versões coloridas e pb.

1911 - Na Literary Digest de junho na incrível página 1.107...   Eu queria ter uma edição destas por muita curiosidade.

1911 - junho - totalmente colorida na Life Magazine - new

1911 - publicada em agosto, em impressão a 3 cores - new

1911 - ainda mesma arte num "programa" de show de música em Ocean Grove, New Jersey - new

1911 - Quando você a massa estiverm com o cérebro cansado... new

1911- Aparentemente é a primeira em surge a poderosa frase de trabalho "Sempre que vir uma seta pense em Coca-Cola..." ATENÇÃO ESTA FOTO ESTÁ DISPONÍVEL COM DEEP ZOOM DA MICROSOFT. VC PRECISA TER O SILVERLIGHT INSTALADO. Se seu windows está atualizado, o MS SIlverlight deve ter sido instalado sem vc saber. Clique no link 1911 Sempre Que vir uma Seta Deep Zoom e se surpreenda new

1911 - da publicação Pictorial Review "dos dois lados do balcão".

1911 - bela propaganda com base azul, um tanto quanto rara para a Coca em publicação com papel couchê  ATENÇÃO ESTA FOTO ESTÁ DISPONÍVEL COM DEEP ZOOM DA MICROSOFT. VC PRECISA TER O SILVERLIGHT INSTALADO. Se seu windows está atualizado, o MS SIlverlight deve ter sido instalado sem vc saber. Clique no link 1911 Boa Saúde Deep Zoom e se surpreenda new

1911 - jul - 29 - na Literary Digest, com toadas as cores - new

1910 - "Aqui está o caminho para o conforto". Este anúncio é interessante pois foi publicado em p&b com a ênfase no garrafa. A década de 1910 é cheia de repetições de artes como você verá no próximo anúncio. Lá embaixo tem mais um de uma coluna. 1912 - "Aqui está o caminho para o conforto". Este anúncio é interessante pois foi publicado em cor com a ênfase no copo. Repetindo praticamente os mesmos elementos do anúncio de 1910. Nesta série parece haver o abandono da "Seta D'Arcy", mas note bem: a terra na estrada forma a seta que aponta para o copo.
1912 - é basicamente a mesma arte anterior mas em PB. Note que as fontes e o espaçamento das letras é diferente evidenciando outra publicação. Esta estrada foi bem longa... 1912 - variação da revista Outlook
1912 - Moças de chapéu sempre foram temas da Coca-Cola, mais que o Papai Noel. Esse é um bom exemplo de anúncio a duas cores, mas o artista estava de gozação: parece que o chapéu foi trespassado por uma daquelas flechas metálicas de cataventos e não um ornamento feminino... 1912 - versão de jornal da campanha abaixo
1912 - Esse aqui é uma documentação completa que ralei para conseguir. Olhe que coisa complicada. Vemos primeira capa e quarta capa da revista e é basicamente a mesma coisa. Super estranho e talvez um caso único.

1912 - O texto é meio sinistro: "O velho barril de carvalho cheio até a borda (to the brim) com água gelada, clara e pura - não há mais água assim hoje... Traga aqueles dias de volta com um copo de Coca-Cola..."

E nós achamos que vivemos em uma época poluída...

1912 - Moça e Jerk, inseparáveis. Só recentemente a cerveja brasileira começou a atacar o público feminino. Nos EUA, onde os homens tomavam cerveja direto, faz sentido essa abordagem. Na Literay Digest. 1912 - todos os anúncios da série laranja que durou vários anos são muito bonitos este é da revista System.
1912 - Esse é muito curioso. Uma multidão se aglomera vendo a previsão do tempo na parede, com um termômetro marcando lá em cima, enquanto outra mulitdão já está tomando Coca gelada. Um dos raros anúncios com humor da história da marca. É o primeiro que encontrei com o tema de "multidão." 1912 - Delicioso e Refrescante para o mundo. Mesmo com as coisa mais lentas na época, será que alguém realmente lia um texto enorme destes? A Coca não era difundida pelo mundo então.

1912 - ad de jornal "Trate deles, para descansar ou tratamento, sempre bem vindos por todos em qualquer lugar", muito esquisito... o esquisito...

1912 - da Literary-Digest - dificil aparecer um anúncio da Coca-Cola em amarelo. Note a transparência do copo. Arte perfeita.
1912 - da Womans Companion, mostra bem o canudo de vidro. Isso devia ser um perigo...    
1912 - Aqui temos um fato intrigante. É um anúncio de jornal e parece que a moça é negra. O texto não faz nenhuma referência especial. Se é isso mesmo é talvez a primeira propaganda da Coca com negros (são dirigidas em mídias segmentadas), como se não fossem consumidores. Lembre que nessa época a segregação racial era violentíssima nos EUA principalemente nos estados do sul e na Geórgia, cuja capital é Atlanta, sede da Coca. 191? - Temos essa outra aqui, desenhada por John Solomon Sandrige que não deixa dúvidas sobre a moça. Mas na década de 1910, quantas negras teriam este status nos Estados Unidos? É um marketing muito estranho, pois este nicho de consumo não existia. O preconceito andava solto, mesmo abolida a escravidão ainda resistia escondida no interior e a maior parte dos escravos libertos ainda vivia. Lembre que o apartheid nos EUA só caiu nos anos 1970...
1912 - The Delineator, há uma série de anúncios muito compridos de uma coluna 1912  

por José Roitberg - roitberg@gmail.com